Amor por Curitiba

Posted by in Artigos

Sou paranaense e orgulhosamente curitibana, nascida em plena primavera da década de 1990, século passado, certamente um dos meus filhos assim o dirá um dia – Mamãe, você nasceu no outro século!

Curitiba, nas palavras de Dalton Trevisan, um dos seus célebres moradores é ódio e paixão, pois bem, fico com a paixão. Minha, ou melhor, nossa querida Curitiba que tem o seu tempo muito democrático, as 4 estações do ano são possíveis por aqui em uma única manhã, se revelando assim uma aconchegante e acolhedora capital que está entre as melhores do Brasil para se viver, visto que é referência nacional de planejamento urbano e qualidade de vida. Possuidora de um exemplar sistema da transporte público Curitiba inclusive já foi inspiradora para outros países.

Convido os leitores a tomar um café na rua XV de novembro em uma belíssima manhã de inverno e desfrutar dos pequenos detalhes que fazem de Curitiba colecionadora de renomados títulos que inflam o ego dos curit ibanos. No cenário da rua XV vários registros históricos de manifestações, protestos, mobilizações, onde a cidade toma corpo, se une e clama em uma única voz.

Outro local muito visitado e apreciado é o famoso parque Barigui, que é um ponto de encontro de diferentes tribos, dos que andam, dos que correm, dos que pedalam ou dos que apenas sentam na grama e contemplam o céu e a natureza.

A beleza das praças, vastos parques, e de uma população preocupada com o meio ambiente, fazem desta metrópole a famosa capital ecológica, a capital dos que separam o lixo que não é lixo.

Deixo aqui o meu sentir que está distante de ser ufanista e cego. Enxergo os problemas da minha cidade, porém tenho a certeza que estamos muito a frente de farta parcela nacional, com avanços que estão visivelmente mais frequentes.
(Thaise Mattar Assad é Acadêmica de Direito)