Coletiva Crime Morro do Boi

Posted by in Artigos

Com condenação de 65 anos e 5 meses de prisão, rumoroso caso “Crime do Morro do Boi” com repercussão internacional é concluído no Estado do Paraná: retrospectiva clique link

NOTA

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, concluiu o processo do caso que ficou nacionalmente conhecido como “Crime do Morro do Boi”, ocorrido em 31 de janeiro de 2009 no Balneário Caiobá-PR, vitimando fatalmente Osíris Del Corso (22) e deixando paraplégica sua namorada Monik Pegorari de Lima (23).

Com processo bastante tumultuado, inclusive com prisão de um delegado de polícia, o acusado Juarez Ferreira Pinto, que respondeu ao processo aprisionado, foi condenado a uma pena de 65 anos e 5 meses de prisão. Funcionaram como advogados de defesa Nilton Ribeiro de Souza e Cláudio Dalledone Júnior. Como Assistentes da Acusação, pela vítima Monik Pegorari de Lima, os advogados Elias Mattar Assad e Samir Mattar Assad.

O Desembargador Ivan Bortoleto, Vice-Presidente do TJPR proferiu despacho, publicado nesta segunda-feira (12/11), negando seguimento aos recursos da defesa.

COLETIVA

DIA: 14/11/2012 (QUARTA-FEIRA)

HORA: 15H00

LOCAL: rua Campos Sales, 767/771 , Curitiba.

CONFIRMADOS NA COLETIVA:

Sérgio Del Corso e Maria Zélia Del Corso (pais da vítima Osíris)

Lourival Pegorari da Silva (pai da vítima Mo nik)

*A vítima Monik se fará presente por sistema telepresencial (em tratamento de recuperação).

Elias Mattar Assad e Samir Mattar Assad, advogados da acusação

Peterson Hofmann

ass.imprensa

41. 9238 4984