Prêmio FAO de jornalismo – inscrições abertas

Posted by in Propaganda

Inscrições abertas para o 1º Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo

FAO lança em Curitiba prêmio para profissionais de jornalismo
da região sul do Brasil

“A primeira conquista deste prêmio é a integração da FAO com os sindicatos de jornalistas do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e as mais de 40 entidades que se envolveram direta e indiretamente na realização deste projeto”. Assim Carlos Biasi, oficial da FAO na região Sul do Brasil, resumiu o lançamento do 1º Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo, hoje, no auditório do Setor de Orgânicos do Mercado Municipal de Curitiba. “A FAO tem um grande orgulho deste prêmio que, certamente, terá reconhecimento mundial”, contou Gustavo Chianca, representante da FAO no Brasil.
Criado para chamar a atenção da sociedade civil e dos organismos públicos para a importância da agricultura familiar na segurança alimentar e economia, o 1º Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo – Região Sul do Brasil foi instituído pela Unidade de Coordenação de Projetos da ONU/FAO para a Região Sul do Brasil, com o patrocínio da Itaipu Binacional, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, Sistema das Cooperativas de Crédito Rural – Cresol, Sicredi, Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná – Senge, Federação Interestadual Sindicatos Engenheiros – Fisenge, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Paraná – Fetaep, Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater – PR, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul – Fetag-RS e Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA, apoio institucional dos sindicatos da categoria dos três estados do sul e da Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas, alem de 40 outras entidades que envolvem cooperativas, trabalhadores rurais, sindicatos e associações profissionais.
“O jornalista pode ajudar a erradicar a fome. As reportagens que, a partir de hoje, serão inscritas nesse prêmio certamente vão contar histórias que se tornarão exemplos do caminho em busca da segurança alimentar, tão desejável e fundamental para a vida”, disse Mario Milani, coordenador do prêmio. “A sociedade, de forma geral, não sabe como é produzir alimento”, falou Norberto Anacleto Ortigara, secretário de Agricultura do Estado do Paraná. “A fome não se resume ao mendigo que anda nas ruas. A fome está no seio das famílias brasileiras”, comentou Milani. “Todo o esforço que se faça para ajudar a agricultura familiar é muito bem vindo”, completou o secretário.
O 1º Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo vai distribuir R$ 54 mil em prêmios para as melhores reportagens sobre agricultura familiar publicadas em veículos de comunicação dos três estados do sul – mídia impressa, mídia digital e radiofônica. A novidade é que todo o processo de inscrição acontece online, no site www.premioagriculturafamiliar.jor.br, onde também é encontrado o regulamento do prêmio.
Podem concorrer jornalistas dos três estado do sul do Brasil, com matérias publicadas entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2014. A premiação dos trabalhos escolhidos pela comissão julgadora, composta por jornalistas, técnicos e dirigentes indicados pela FAO, acontecerá durante cerimônia que será realizada em Curitiba, em março de 2015.


Mais informações:
Mario Luiz Milani
Coordenador da Comissão Organizadora do 1º Prêmio Agricultura Familiar de Jornalismo
Unidade de Coordenação de Projetos Região Sul do Brasil
premioagriculturafamiliar@gmail.com
www.premioagriculturafamiliar.jor.br