General Eduardo Dias da Costa Villas Boas

Posted by in Notícias

“Não se trata de uma Intervenção Militar, mas sim de uma Intervenção Constitucional do POVO, da Sociedade brasileira! Os Militares são o instrumento, previsto na Constituição, para INTERVIR, em nome do POVO, quando as Instituições estão CORROMPIDAS.
Não será fácil, eles não sairão na boa e nós não podemos mais admitir essa facção criminosa de todos os políticos e partidos, desgovernando nosso país”. – (General Eduardo Dias da Costa Villas Boas, Comandante do Exército Brasileiro enviou a seguinte carta ao Cel. Int. Ref. Walcyr Monteiro da MOtta)