Dr. Rosinha está com nojinho de foto de Bolsonaro e Fraga desafiando bandidos

Posted by in Notícias

E não é que eles conseguem mesmo se rebaixar em termos morais a cada dia que passa? Quando achamos que eles já chegaram ao fundo do poço, sempre temos alguém como Dr. Rosinha, deputado federal pelo PT do Paraná, para quebrar novos recordes. Ao Pragmatismo, ele reclama de uma foto que “ofende” os marginais. Leia mais:

Um dos símbolos da aprovação desta ​e​menda ​c​onstitucional [redução da maioridade penal de 18 para 16 anos] foi uma foto (nojenta) que circulou na ​internet. A foto foi feita, segundo o crédito que est​á​ na internet, por Ailton de Freitas, dentro da Câmara dos Deputados, no dia da votação da PEC. Na foto, dois deputados, Alberto Fraga (DEM-DF) e Jair Bolsonaro (PP-RJ), integrantes da ​chamada ​bancada da bala, simulam, com as mãos e os dedos indicadores em riste, darem tiros. Ao ver a foto​,​ cada qual lhe dá a concepção que ideologicamente queira. Eles passam, pela foto, a concepção deles, que pode ter recepção em parte da sociedade, que é um simples recado: menores, principalmente negros e pobres, se preparem para enfrentar uma violência maior do que já enfrentam. Se preparem, a morte ronda ​você ​e a vida pode ser mais curta do que pensa. Para mim, pela minha ideologia e minha concepção de vida​,​ a foto, o gesto e quem o pratica só cabe um adjetivo: nojento.
Haja saco, viu…
Quer dizer que, na visão do Dr. Rosinha, dois deputados mandando uma mensagem até espirituosa para marginais constitui uma “abominação”. Enquanto isso, os marginais que não apontam dedos, mas armas, antes de estuprar, roubar e matar, são pobres vítimas. Os tais “anjos sem asas”. Provavelmente, ele está preocupado com os sentimentos de marginais, que poderiam ficar magoados com a foto acima. Como se os bandidos dessem qualquer pelota para isso.
Em tempo: que parte da imagem dos deputados demonstra preferência em ver “negros e pobres” mortos? Alias, a maioria dos “negros e pobres” não é composta de bandidos. Como se nota, não demonstra muito para o petista manifestar racismo enquanto finge lutar contra ele.
No geral, vemos apenas histeria simulada e a tradicional ausência deliberada de senso de proporções. Dr. Rosinha diz achar tal imagem “nojenta”. Só por isso dá para ter uma ideia do que este sujeito entende por “higiênico”. Repugnante mesmo é o senso moral de um petista que rejeita qualquer manifestação de indignação contra marginais violentos.
Dr. Rosinha é nojento ao quadrado.
http://lucianoayan.com/2015/09/04/dr-rosinha-esta-com-nojinho-de-foto-de-bolsonaro-e-fraga-desafiando-bandidos/