Dia do Teólogo

Posted by in Notícias

Por ser hoje o Dia do Teólogo, busquei algo que pudesse lembrá-lo do valor dessa maravilhosa profissão, e encontrei esse texto abaixo. Espero que ele te fale ao coração e que te ajude a posicionar-se cada vez mais em prol do teu chamado, pois o ser teólogo, para o bom cristão, não é nada mais, nada menos que um aprendizado para cumprir o que está escrito:
“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” (2 Tm 2:15)
Apenas e tão somente isso, não somos teólogos para nos engrandecermos, senão, para que estejamos na qualidade de servos, prontos a servir a nossos irmãos, lavando seus pés, curando suas feridas pelo maravilhoso poder e unção que o Senhor derramará sobre nossas vidas, para que cumpramos o que se nos apresenta.
Que Deus, abençoe a ti, tua casa, bem como à obra de tuas mãos hoje e sempre, amém e amém! – (apóstolo ely silmar vidal – teólogo, jornalista e psicanalista – Fones: DDD (041) 8514-8333 (OI) – 9820-9599 (TIM) – 9109-8374 (VIVO) – 9821-2381 (CLARO e WhatsApp))
“OS DEZ MANDAMENTOS DO BOM TEÓLOGO
Todo bom teólogo seguirá e entenderá esses mandamentos à risca.
1. Não tente explicar o inexplicável (Há questões que são para somente crer, não para explicar.);
2. Evite concentrar-se em especulações ou discussões em questões secundárias que não levam ninguém ao céu ou impedem de ir ao inferno (Isso é perda de tempo precioso que poderia estar sendo investido em outras questões edificantes para a Igreja, e mais, muitos por causa dessas discussões teológicas infindáveis perderam amigos e fizeram inimigos.);
3. Aprenda a dizer: “Não Sei”. (Se você não sabe, não enrole.);
4. Domine o vocabulário teológico, leia muitos livros teológicos, continue fazendo cursos, se aperfeiçoando, estude, estude, estude;
5. Não esqueça de seu momento com Deus, ore muito, leia e medite na Bíblia;
6. Duvide de suas dúvidas (seja um pesquisador constante, vá atrás, não se contente com as dúvidas);
7. Lembre-se que os motivos que unem os crentes são maiores do que os que os afastam (Enfatize as harmonias, as semelhanças e não os conflitos. Com exceção da apologética cristã que é útil e bíblica e milita contra heresias e seitas pseudo cristãs, não fique a criticar essa ou aquela denominação cristã por que seguem uma linha teológica diferente da sua. Seja sábio, teologia não é pra isso.);
8. Lembre que o teu conhecimento teológico deve servir para levar a salvação aos perdidos e a edificação aos salvos e não para constranger ou humilhar teus irmãos (Você estudou para ser um melhor servo, não para ser senhor da razão. Às vezes, mesmo estando certo, o melhor é ficar calado para em uma oportunidade mais edificante argumentar e até mesmo, abençoar os opositores);
9. Pregue e ensine com fervor e autoridade suas certezas e convicções e jamais as suas dúvidas (quando prega ou ensina uma questão ou tema que não possui convicção ou opinião formada, apenas causa confusão em quem o ouve);
10. Não use a teologia como vaidade ou engrandecimento pessoal, use-a para edificação do Corpo de Cristo (lembre-se que deve servir e não ser servido).” – (Equipe – Universidade da Bíblia)