Muito bem… Como todos já sabemos e com ansiedade até já aguardamos, “A cobra vai fumar!”.
E a grande maioria da população que foi às urnas em 2018, foi até lá, exatamente para desenhar um novo País, e por esse motivo, escolheu o Jair Bolsonaro.
A ideia sempre foi, a de que é bom Jair se acostumando, porque o que o povo quer, é mudança.

Existem algumas pessoas que estão seriamente imbuídas na mudança profunda de todos os atos e em todas as esferas do poder.

Uma proposta que já está em andamento, seria a de que estaria abolida qualquer sessão secreta, ou seja, não pode haver mais sessão secreta, ou mesmo sessão não pública, que envolva qualquer deliberação.
Assim que toda e qualquer deliberação deverá ser feita em sessão aberta ao público em geral e isso dando condição a que a imprensa escrita, radiofônica ou televisiva divulgue tudo e muito mais.

E nessas mudanças, estão sendo avaliados alguns outros itens:
A exemplo disso, ficam os congressistas convidados a serem assalariados somente durante seus mandatos. Não havendo “aposentadoria por tempo de parlamentar”.
É claro que poderão contar com o prazo de seus mandatos para acrescer ao seu tempo de serviço junto ao INSS, e isso, contaria para os efeitos da aposentadoria por tempo de serviço.

Dessa forma, os congressistas, bem como seus funcionários, contribuirão para o INSS. Da mesma forma que será para com qualquer outro cidadão brasileiro.

Não ignorando que os congressistas e assessores, deverão pagar por seus planos de aposentadoria, na mesma forma, como a lei contempla a qualquer outro cidadão brasileiro.

Também a regulamentação e o veto para aumento de salários e gratificações no Congresso. Onde todos deverão ficar dentro dos mesmos padrões do restante da população.

E na mesma toada, o Congresso perde os seguros de saúde que vinham sendo pagos pelos contribuintes, e assim que passam a participar do mesmo sistema de saúde do restante da população em geral.

Cumprir a lei agora será obrigatória a todos, sem distinção absoluta de nada. Imunidade agora, somente quando o parlamentar estiver de fato na tribuna do Congresso.

Deixa de ser carreira a função política, porque se entende que servir à nação, é antes de mais nada, honra, privilégio e responsabilidade.
E também propõe-se a que seja vetada a continuidade de participação em mais de duas legislaturas consecutivas.

E é esta, uma das formas de conserto a que o povo quer submeter o nosso Congresso. Ao que eu dou o meu amplo e total apoio.

Será que ainda viveremos para ver isto em nossa nação?
Creio que é um sonho, mas que podemos perfeitamente tornar realidade.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 201119 – Alguns dos sonhos do povo brasileiro – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae