By Portal da Radio

j

June 26, 2021

Na grande maioria das empresas no mundo, quando algo ou alguma coisa, fica muito tempo na prateleira e já ninguém mais se interessa por aquilo; o pessoal da logística percebe que aquela coisa, pode estar tirando o lugar de outra que poderia ter melhor aceitação; por esse motivo, eles promovem o famoso “Bota Fora”, com descontos, às vezes até abusivos.
Assim se dá a ideia de que de fato, aquilo não mais interessa à empresa.

Lembrando que você pode criticar a tudo na terra:
O Papa, os pastores, a religião, seja ela qual for, bem, em suma, critique tudo, só tem duas coisas que você não pode criticar, uma delas é Maomé e a religião islâmica, e a outra mais nova que a anterior é o STF a este e a seus membros, não criticarás.

Em 03/02/2018 o General Silva e Luna, que ocupava o cargo de Ministro da Defesa no Governo Temer escreveu e foi publicado pela Revista o Valor:

“A surpresa dos generais”

O general Silva e Luna, disse para o Valor que os brasileiros “vão se surpreender positivamente” com o desempenho dos militares no governo de Jair Bolsonaro:

“Enquanto um deputado ou um senador pode vir de qualquer área e ser eleito, ninguém vira general no dia seguinte, tem que ter no mínimo 40 anos de serviço. Ganhar experiência lendo livro, estudando, é a mesma coisa que você querer matar a fome lendo um cardápio, não consegue, precisa de um pouco de chão de fábrica”.

Mas é claro, que em um País e em um momento em que vivemos esse “modernismo” um dia cantado por um desconhecido:

“Antigamente o homossexualismo era proibido no Brasil. Depois passou a ser tolerado. Hoje é aceito como coisa normal. Eu vou-me embora antes que passe a ser obrigatório.” – (Acho oportuno lembrar que esse pensamento que se atribui a Arnaldo Jabor, foi por ele mesmo desmentido em um texto: “Há um sub-eu rolando na Internet” publicado em 17/06/2008. Dessa forma, eu considero esse texto, como sendo de autor desconhecido)

E hoje, chegamos a esse momento descrito pelo ilustre desconhecido que naquele momento, resolveu nos mostrar o que veríamos no futuro.
Talvez você esteja se perguntando, a que futuro me refiro.
Refiro-me ao que vemos hoje:
– Alguém é indicado pela mídia como sendo a mulher mais sexy do Brasil, só que tem o fato de que essa pessoa, eleita como a mulher mais sexy do Brasil, faz exame de próstata. Naturalmente que não podemos deixar de nominar tratar-se de: Phabullo Rodrigues da Silva, mais conhecido como Pabllo Vittar;
– Além disso, temos outra figura que foi indicada para figurar como o homem mais sexy do Brasil, e ironicamente, essa figura faz o exame “papanicolau”. Também não podemos deixar de citar, que trata-se de: Thammy Cristina Brito de Miranda Silva, também conhecida como: Thammy Gretchen, ou Thammy Miranda;
– O acima exposto poderia ser nada, se não fosse a situação paradoxal, em que vemos alguém que se auto nominou e por consequência se auto elegeu, como sendo o homem mais honesto do País:

– “Se tem uma coisa de que eu me orgulho neste País, e não baixo a cabeça pra ninguém, é que não tem neste País, uma viva alma mais honesta do que eu. Nem dentro da Polícia Federal, nem dentro do Ministério Público, nem dentro da Igreja Católica, nem dentro da Igreja Evangélica, nem dentro do Sindicato, nem no meio de vocês… Pode ter igual, mais eu duvido…” – (Luiz Inácio da Silva, também conhecido por: Luiz Inácio Lula da Silva) – e que à época deste texto, encontrava-se preso, na sede da Polícia Federal em Curitiba – Paraná, em deferência ao fato de que o hoje presidiário, um dia ocupou o cargo de presidente da República Federativa do Brasil. O que não o faz menos criminoso do que de fato é, haja vista o longo rosário de crimes de que é acusado e pelos quais responde.

Assim que nos encontramos nessa encruzilhada, do que seja meritoso e valoroso.
Você decide… hehehehehehehehe

Como diz o General Carlos Alberto Santos Cruz, aprovaram a ilegalidade, por esse motivo, encontramos muita coisa ilegal aceita socialmente.
Aqui encontramos algo mais que coloca o STF sob suspeição.
E quando alguém ousa falar que desconfia do STF o Lewandowski, pergunta: “Você quer ser preso?”
Espera aí Lewandowski, ao que me consta o STF está aí para guardar e fazer com que a aplicação da Lei prevista na CF seja aplicada. E segundo consta na CF o crime de opinião, desde que não atinja a honra de alguém não pode ser atribuído.

Neste dia 04/12/18, uma figura emblemática toma seu lugar em um dos voos da GOL, e como não consegue despir-se do vexame de ser um homem, que apesar da idade, continua lambendo as botas de quem o contratou, nós o vemos então, assumindo a atitude déspota característica dos abutres do STF, que não suporta críticas, porque o chapéu lhes serve adequadamente, como tendo sido fabricado sob medida.
“Lewandowski não gostou nada de ser abordado com críticas ao STF, terça-feira 04/12, num avião da Gol: “Ministro Lewandowski, o Supremo é uma vergonha. Eu sinto vergonha de ser brasileiro,” diz a voz calma. Lewandowski responde instantaneamente: “Vem cá, você quer ser preso?”.” – (twitter de @HumbertoReisJr)

É claro que a palhaçada não poderia parar por aí, afinal de contas quem tem padrinho, não morre pagão, e no STF existe sim o corporativismo bem aprofundado. Desta forma, o presidente do STF, manda uma solicitação à Procuradora-Geral da República, Sra. Raquel Elias Ferreira Dodge:

“Senhora Procuradora-Geral,
Ao tempo em que cumprimento Vossa Excelência, solicito que sejam adotadas as providências cabíveis quanto aos fatos narrados pela Secretaria de Segurança desta Corte (em anexo) e consistentes em ofensas dirigidas ao Supremo Tribunal Federal, ocorridos, na data de ontem (04/12/2018), com o Senhor Ministro Ricardo Lewandowski, em voo comercial que partiu de São Paulo com destino à Brasília.
Informo que encaminhei ofício como o mesmo teor ao Senhor Ministro da Segurança Pública para que também sejam adotadas as providências cabíveis sob a responsabilidade daquela pasta.
Atenciosamente. Ministro Dias Toffoli – Presidente”

Ofensas ao STF Toffoli? Tem certeza? Parece-me que todos os que se assentam em cadeiras da Suprema Corte, tem que demonstrar um pouco de vergonha na cara e tomar um chá de sumiço.

Naturalmente que não passa de uma palhaçada a mais e que nosso País, deve vir a mudar esse ponto de vista em alguns dias, quem sabe até, em algumas horas.

Claro que não se pode ignorar o poder da mídia, mas, já o estamos vendo sendo destruído, por ser, justamente um dos ninhos da cobra, haja vista, o fato de apoiarem o que não presta e vermos um Brasil que não queremos.
O restante, sabemos que vai ser posto abaixo, por vários motivos, mas o principal deles, é pelo fato de terem vilipendiado do povo brasileiro, de terem abusado da boa fé, daqueles que mantinham a audiência dessa casa de espetáculo de horrores.

Cristiano Caiado de Acioli, de 39 anos, que além de cidadão brasileiro, independente de sua coloração partidária, pressupõe-se que seja pagador de impostos.
Bem, eu não creio que o feito por ele hoje, ao dizer em bom tom e diretamente na cara de Enrique Ricardo Lewandowski, que achava o STF uma vergonha e que tinha vergonha em alguns momentos e por conta do STF de ser brasileiro.
À medida que se vai sabendo mais, percebe-se que o Dr. Cristiano Caiado de Acioli, tem motivos de sobra para saber do que está falando, pois trata-se de um advogado.
E agora, depois do confronto com o sinistro Lewandowski, creio, esse homem terá mais e excelentes motivos para realmente não ter vergonha do STF, senão dos membros que compõem a Suprema Corte, porque a Instituição não tem culpa do que é posto dentro dela, e este indivíduo, foi plantado no tapete da mais alta corte para iniciar um mandato em 16/03/2006 pelo famigerado e hoje presidiário Luiz Inácio Lula da Silva.
Este é portanto o padrinho do canalha que ao ser confrontado, e como o chapéu serviu, envergonhado e sem poder defender-se, encontrou como única alternativa, do alto do poder da toga que lhe suspende nos ares, dar voz de prisão ao Dr Acioli. Este sim, onde quer que eu o encontre, quero ter o prazer de cumprimentá-lo pela atitude.

E apenas a título de exercício de memória, vamos relembrar, quem foi que defecou e a quem defecou nos salões da Suprema Corte?

Cármen Lúcia Antunes Rocha = Luiz Inácio Lula da Silva
Enrique Ricardo Lewandowski = Luiz Inácio Lula da Silva
José Celso de Mello Filho = José Ribamar Ferreira de Araújo Costa, vulgo José Sarney de Araújo Costa
Marco Aurélio Mendes de Farias Mello = Fernando Affonso Collor de Mello
Gilmar Ferreira Mendes = Fernando Henrique Cardoso, vulgo FHC
José Antonio Dias Toffoli = Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Fux = Dilma Vana Rousseff
Rosa Maria Pires Weber = Dilma Vana Rousseff
Teori Albino Zavascki = Dilma Vana Rousseff
Luís Roberto Barroso = Dilma Vana Rousseff
Luiz Edson Fachin = Dilma Vana Rousseff
Alexandre de Moraes = Michel Miguel Elias Temer Lulia

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-0009597/PR e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333
(41) 99109-8374
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 16022019 – Bota Fora no STF – (imagens da internet)

Aproveito para deixar claro que os trabalhos que tenho desenvolvido, são de pura e simplesmente divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, e não busco ganho algum com isto, senão o de transmitir conhecimento.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se a mensagem foi útil, e acha que pode ser útil a mais alguém, divulgue:
(ao replicar, preserve a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

E siga-nos também através deste link: https://odysee.com/@portaldaradio:d/Bota-Fora-no-STF-1:b

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Publicações Recentes

Infiltrados contra Bolsonaro

Os infiltrados contra Bolsonaro, já perfazem um pequeno exército, e claro, isso nos mostra, quão...

Quando o plano deve ser abortado

"Declaração à Nação No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever,...

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *