Os perigos do auto-comissionamento

By Portal da Radio

j

April 13, 2023

Quando Moisés, achando que já estava pronto, sai dos palácios de faraó, possivelmente a passeio, já próximo dos 40 anos, e se depara com um egípcio maltratando a um israelita, então seu sangue israelita reclama de sua apática posição, como filho (ou filho adotivo, como queira) da filha de faraó, e ele então resolve agir, porque já se supunha grande coisa.
Aqui nasce o fracasso, porque em verdade, fica muito claro a ele, que ele não era nada, apesar de frequentar o palácio, e apesar de ter tido o melhor da escola egípcia.

(Êx 2:11-14)

“Quando completou quarenta anos, veio-lhe a ideia de visitar seus irmãos, os filhos de Israel.
Vendo um homem tratado injustamente, tomou-lhe a defesa e vingou o oprimido, matando o egípcio.
Ora, Moisés cuidava que seus irmãos entenderiam que Deus os queria salvar por intermédio dele; eles, porém, não compreenderam.
No dia seguinte, aproximou-se de uns que brigavam e procurou reconduzi-los à paz, dizendo: Homens, vós sois irmãos; por que vos ofendeis uns aos outros?
Mas o que agredia o próximo o repeliu, dizendo: Quem te constituiu autoridade e juiz sobre nós?
Acaso, queres matar-me, como fizeste ontem ao egípcio?” (At 7:23-28)

“Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado; porquanto considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, porque contemplava o galardão.
Pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado com a cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível.” (Hb 11:24-27)

E foi assim, que após uma experiência um pouco traumática, porque viu-se perseguido pela fúria de faraó, por ter sido descoberto ao matar o egípcio; percebeu que precisava antes de mais nada de Deus, porque sem Deus, ele não era nada.

Assim foi Moisés conduzido ao deserto. E assim, notamos que o leite que o amamentou, ainda o fazia perceber que ele não pertencia àquele mundo de fantasia onde residia.
Sua vida estava ligada aos que sofriam nas mãos dos egípcios. Mesmo passando o tempo e vivendo nos palácios, e com vida regalada, ele não perde suas raízes e a fé opera maravilhas em Moisés, gerando em seu coração sofrimentos que exigem dele, especialmente, o sacrifício de abandonar aquilo tudo.
Isso vai gerar em sua vida a perseverança.

Naturalmente que sua carnalidade, não permitem que ele ignore suas próprias limitações.
E isso, ele vai apontar para Deus.

A pergunta imediata que vai gritar com ele é:

“Então, disse Moisés a Deus: Quem sou eu para ir a Faraó e tirar do Egito os filhos de Israel?” (Êx 3:11)

Mas isso vai ensinar a ele, que quem comissiona é o Eterno Eu Sou o que Sou, e que, quando Ele diz: Vá! Então, você pode seguir tranquilo…

Ainda assim, as dúvidas o assaltarão…

“Vai, ajunta os anciãos de Israel e dize-lhes: O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me apareceu, dizendo: Em verdade vos tenho visitado e visto o que vos tem sido feito no Egito.” (Êx 3:16)

E quando notamos o paralelo entre estes versículos, percebemos a envergadura de tal comissionamento.

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3:16)

Moisés naturalmente não teve a condição para atentar para esse paralelo, pois que à época ainda não existiam os livros do Novo Testamento.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-9597/PR e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333
(41) 99109-8374
(41) 99821-2381 e 99820-9599 (WhatsApp)

Mensagem 15022023 – Os perigos do auto-comissionamento – (imagens da internet)

Os trabalhos que desenvolvo, não visam lucros financeiros, e são, apenas divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, por isso, não monetizo.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se a mensagem foi útil, e acha que pode ajudar alguém, divulgue: (ao replicar, preserve a fonte)

Siga-nos: https://www.bitchute.com/video/otHayQcD1622/

Texto completo e outros em: http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Publicações Recentes

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *