By Portal da Radio

j

May 22, 2022

Existem coisas na vida que são impagáveis, porque fazem parte da análise com que nos premia o Senhor, pelo tempo que vivemos e pelos maravilhosos momentos que vivemos.
Não importa se momentos bons ou ruins, importa sim, que sejam momentos vividos, porque esses momentos é que nos trarão o colorido que necessitamos para o quadro que teremos que compor.
E foi assim, que me chegou às mãos um vídeo, em que ouvi um pastor cantando uma deliciosa canção.
E essa canção dizia o seguinte:

Se tiveres tempo olhe para os lírios
Que nascem tão lindos nos prados e montes
Se tiveres tempo olhe os passarinhos
No seu vôo livre no azul do céu

Pois a vida passa, passa de repente
Levando estas horas, estas horas lindas
Levando embora o que foi pra sempre
Foi-se na distância
Hoje são lembranças que não voltam mais

Se tiveres tempo olhe o pôr do Sol
Está chegando a noite, tudo tem seu fim
Se tiveres tempo ame e abrace
Se tiveres tempo, pois tudo se vai e não volta mais

Pois a vida passa, passa de repente
Levando estas horas, estas horas lindas
Levando embora o que foi pra sempre
Foi-se na distância
Hoje são lembranças que não voltam mais

Se tiveres tempo olhe para a cruz
A tanto te espera o Senhor Jesus
Pode ser que o tempo lhe dê tempo ainda
Se hoje decidires, se hoje decidires a seguir Jesus

Pois a vida passa, passa de repente
Levando estas horas, estas horas lindas
Levando embora o que foi pra sempre
Foi-se na distância
Hoje são lembranças que não voltam mais

Levando embora o que foi pra sempre
Foi-se na distância
Hoje são lembranças que não voltam mais

Então fui dar uma olhada e ficou a história de que essa linda canção foi composta pelo pastor Elias Maia, um gaúcho nascido na região das missões em 1947, quando em um velório, ele teve a oportunidade de ser testemunho da tristeza e do desespero de um homem, ao ver o seu filho morto.
E foi assim, quando esse homem confessava seu arrependimento por ter sempre estado muito ocupado com seu trabalho e com as lides da vida, e em meio às coisas materiais, que nunca havia tido tempo suficiente para brincar, conversar, beijar e abraçar seu querido filho.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-0009597/PR e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333
(41) 99109-8374
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 17042022 – Se tiveres tempo – (imagens da internet)

Os trabalhos que desenvolvo, não visam lucros financeiros, e são, apenas divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, por isso, não monetizo.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se a mensagem foi útil, e acha que pode ajudar alguém, divulgue: (ao replicar, preserve a fonte)

Siga-nos: https://www.bitchute.com/video/qDYm2P1LxtGv/

Texto completo e outros em: http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Publicações Recentes

Nota à Imprensa

Às Instituições e ao Povo Brasileiro Acerca das manifestações populares que vêm ocorrendo em...

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *