Sim, o Brasil mudou

By Portal da Radio

j

August 11, 2021

“O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porque tu, sacerdote, rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.” (Os 4:6)

Algumas ações e atitudes, ainda configuram crime, ou pelo menos, presumem a organização criminosa, com o fim de promover atitudes que possam levar à concretude de tais crimes.

E é assim que nos deparamos com o vídeo do Andre Janones, denunciando que a Câmara Federal resolveu por 300 e tantos votos permitir que fichas sujas disputem cargos eletivos, em 2022.

Claro que sim, claro que isso é verdade, como é verdade, inúmeros outros passos que vêm sendo dados, e que os inocentes menininhos perseguidos da CPI do Circo, ainda não entenderam que simplesmente estão sendo colocados frente a frente com seus próprios perfis.
Ou seja, foram alçados a uma categoria, onde, por sua impunidade, e pela proximidade a quem lhes “poderia” fazer a manutenção da impunidade, cegados pela sede de poder e de destruição, não perceberam que estão sendo empurrados (por suas próprias ganâncias, a aumentar o rosário de crimes que já lhes é imputado) com a diferença de que, até agora, eles estavam agindo, como que, livremente, e agora, parece que existe um policial federal sério na cola de cada um dos meliantes envolvidos.

Randolfe Rodrigues, Renan Calheiros, Omar Aziz. Pensamos que possam ser as estrelas desta cinematográfica trama, mas tem os transeuntes: Huncerto Bosta, e inúmeros outros. Como me cansa falar, às vezes, vou tentar reduzir um pouco a fala.

A vantagem do conservadorismo é que a esquerdolatria, por falta de conhecimento, não tem a competência, para a luta em pé de igualdade com intervencionistas do calibre de Heleno, Villas Boas, etc…
E foi assim que eles foram encontrar esse tal Luis Miranda e seu maninho que ocupa o cargo no Ministério da Saúde.
Estavam tão certos e seguros de saber onde estavam pisando que foram logo criando factoides para jogar contra o governo do Jair.
Isso claro, porque estão confiantes no fato de que o STF, está dando a cobertura que os quadrilheiros necessitam.
E tudo muito bem arrematado na reunião a portas fechadas dos irmãos Miranda com o Renan.

Certamente que o golpe de misericórdia será a avalanche com que tentarão derrubar Bolsonaro no tapetão, aproveitando-se de falas que não caracterizam crimes por parte de Bolsonaro, mas como, a narrativa é o que interessa, vão imputar-lhe tantos crimes, que seria difícil que ele conseguiria sair-se dessa sozinho.

Aí é que fará a diferença a fala do general Luis Carlos Gomes Mattos, que no dia 18/06/2021, comentou que a os opositores ao governo estariam “esticando demais a corda”.
E que isso levaria, inevitavelmente à ruptura.

Toda a corporação militar, pelo seu próprio preparo em todas as áreas do saber, são capazes de prever os próximos passos dos opositores, com chances de acerto, entre 95 a 98% e com margem de erro baixíssima.
Porque a única coisa que a esquerda sabe de fato, é imputar seus crimes, em quem não os cometeu.
Eles são ótimos em te acusar do que eles praticam
Seguindo sempre a máxima: “Acuse-os do que você é!”

O que melhor se assemelha ao que está acontecendo, é de fato uma grande partida de xadrez, porém, a esquerdopatia não tem conhecimento de jogo de alto nível, pelo total desconhecimento da filosofia da “Arte da Guerra”.

E justamente pelo conhecimento que os militares dispõem em todos os sentidos, e porque sabem manter-se de bocas fechadas, é que lemos:
“A recomendação é engraxar o coturno” – (Renato Valle Castro, 27 anos no STM)

E a fala permanece, agitando os corações da grande maioria que não consegue entender, onde quer chegar o STM com uma declaração que a muitos, parece até temerária.

Perguntinha básica do general:
Existe acusação de corrupção que atinja diretamente o presidente Bolsonaro?
Onde o próprio general, como que responde:
De uma forma, por vezes beirando o simplório, que tenta conclamar o povo à análise, como se ele achasse que alguém ali na oposição teria condições de avaliar, que Bolsonaro foi eleito com a bandeira do combater à corrupção. E que pelo bom senso, analisando dessa forma, a oposição deveria seguir a constituição e deixar Jair governar.

“Quem critica Bolsonaro faz isso de manhã, de tarde, de noite. Tudo atribuem ao presidente. Tudo de errado. Será que você aguentaria isso? Que reação eu teria? Não sei. E alguma coisa boa atribuem? O Brasil está crescendo, a economia está crescendo, mesmo com todas as dificuldades. Não tenho dúvida de que estão esticando demais a corda”.

Claro que a mídia, neste caso representada pela Revista Veja, tenta lacrar com a pergunta “inteligente” do jornaleco:
“Quem supostamente estaria “esticando demais a corda”?
O general que não é neófito, simplesmente afirmou:
“De maneira geral, todos aqueles que são contra o governo… porque a política é assim: tem gente contra e tem gente a favor. Quem está contra logicamente vai esticar essa corda, como se diz, até que ela arrebente. Esses, na verdade, são os que não têm muito apreço pela democracia, os que defendem ditaduras e apoiam ditadores. Quando a corda vai arrebentar? Isso eu não sei”.

O circo dos horrores, está servindo de fato, tanto à oposição, para criar a narrativa com mais força, como também aos conservadores, a fim de dar a corda que os quadrilheiros necessitam para que se enforquem com muito mais atenção.

Na criação da narrativa, em ataque de pelanca, no dia 18/06, Renan, a Gazela Saltitante, e o Omar, resolveram boicotar os dois médicos que foram ao circo, mas Renan resolveu silenciá-los a seu modo, simplesmente não lhes inquirindo e boicotando a CPI da qual ele é o próprio relator.

Renan abandona a sessão, o senador Flávio Bolsonaro pede a destituição de Renan Calheiros (MDB-AL) do cargo de relator da CPI da COVID.

E por entender a falta de respeito de Renan e sua patota, foi que Flávio Bolsonaro, resolveu buscar ajuda de outros membros da CPI, a fim de conseguir o impedimento de Renan à frente da relatoria do processo.

Mas é claro, a queda de braço, ainda não está nem no começo, digamos assim. A diferença é que as mudanças de atitude do Presidente Jair, estão deixando os SUPREMOS com as calças borradas, e o restante da esquerdolatria em estado de choque:

JB tem dito palavras de ordem em outro tom;
Tem dado nomes aos bois, e já não fala, com alguém sem personalidade, mas ao contrário disso, já manda o recado direto às fuças, do interessado na pauta.

E foi assim que Bolsonaro no dia 25/06, deixa claro que irá apresentar as provas que dispõe de ter sido eleito em primeiro turno no pleito de 2018.

Diga-se de passagem, isso, o povo brasileiro está já cansado de falar, e de não encontrar eco.
Como a esquerda é perna de pau em todas as modalidades de jogos, também não conseguiram perceber que Bolsonaro já vinha falando disso a algum tempo.
Pobre Barroso, a boca dele, deve estar até meio amolecida, incapaz de poder praticar o que mais gosta.

O presidente eleito no pleito de 2018, e regularmente diplomado pelo Tribunal Superior Eleitoral, ainda que a contragosto pela turminha que defende a “Ditadura do Proletariado”, a ponto de Rosa Weber de forma desrespeitosa ter ousado presentear Jair com uma cópia da Constituição, declarou que sim, irá apresentar as provas de que foi eleito em primeiro turno no ano de 2018.

O que vai dar disso tudo?
Só o tempo vai dizer…

Certo é que até mesmo a cifra (2 bilhões) necessária para o custeio do voto impresso em 2022, já está garantida:
“Se o Congresso promulgar, teremos voto impresso em 2022.” (Jair Messias Bolsonaro)

Naturalmente que uma boa guerra, na verdade não precisa chegar às vias de fato.
Porém, é certo que algumas pessoas, só entendem a linguagem da força, pela força da linguagem. E se esse general do STM poderá fazer alguma diferença, só o tempo vai dizer…

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-0009597/PR e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333
(41) 99109-8374
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 18062021 – Sim, o Brasil mudou – (imagens da internet)

Aproveito para deixar claro que os trabalhos que tenho desenvolvido, são de pura e simplesmente divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, e não busco ganho algum com isto, senão o de transmitir conhecimento.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se a mensagem foi útil, e acha que pode ser útil a mais alguém, divulgue:
(ao replicar, preserve a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

E siga-nos também através deste link: https://odysee.com/@portaldaradio:d/Sim%2C-o-Brasil-mudou:f

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Publicações Recentes

Infiltrados contra Bolsonaro

Os infiltrados contra Bolsonaro, já perfazem um pequeno exército, e claro, isso nos mostra, quão...

Quando o plano deve ser abortado

"Declaração à Nação No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever,...

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *